Na noite de terça, dia 24 de março, aconteceu o primeiro encontro dos Confluentes. A jornalista Patrícia Campos Mello e o cientista político Sérgio Abranches conversaram sobre “A saúde da democracia e das liberdades em tempos de pandemia.”

Natália Viana, da Agência Pública, fez perguntas aos convidados, enquanto Inês Lafer, idealizadora do Confluentes, conduziu o debate. “Se a distância física é necessária, o encontro, a reflexão e a solidariedade são ainda mais relevantes. Então é fundamental fazer este convite à reflexão”, disse Inês.

Para Sérgio, a pandemia traz dois processos contraditórios. “Exercitaremos a solidariedade e a empatia, mas a tentação autoritária também é muito grande.”

Patrícia teme que Bolsonaro use o exemplo do primeiro-ministro húngaro, que tenta governar por decreto e levar à prisão quem espalhar notícias tidas como falsas ou que criem pânico. “Isso pode ser usado de forma abusiva para reprimir a difusão de informação séria sobre o coronavírus e avançar contra a democracia.”

Mas ambos veem pontos positivos na crise. Se Sérgio acredita que nos tornaremos menos polarizados e mais solidários após a pandemia, Patrícia percebe que estamos voltando a valorizar os experts. “Descobrimos o quanto precisamos da ciência e de informações independentes e confiáveis.”

Premium WordPress Themes Download
Premium WordPress Themes Download
Free Download WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
udemy free download
download huawei firmware
Download WordPress Themes Free
free online course
Ver mais posts