Contexto

Diversificar as fontes de recursos permite que mais temas sejam abordados.

Uma democracia forte exige uma sociedade civil ativa. E, para que organizações da sociedade civil possam atuar de forma eficaz, é necessário um fluxo contínuo de recursos para sustentar suas atividades.

No Brasil, há diversas estratégias consolidadas de captação de recursos para esse setor, sendo a principal delas as doações de fundações e institutos privados (empresariais ou familiares) e indivíduos de altíssimo patrimônio ou renda. Mas os recursos dessas fontes são limitados e, portanto, têm sido direcionados a um número limitado de problemas sociais.

Áreas como educação, assistência social e saúde têm sido prioritárias no investimento desses atores. Outros temas – tais como participação política, fortalecimento da democracia, sistema de justiça, segurança pública, desigualdade, apesar de estratégicos para a redução da injustiça social e das desigualdades em nosso país, têm atraído menos volume de recursos privados. As iniciativas voltadas para estes campos de intervenção têm sido apoiadas por um conjunto restrito de financiadores, na sua maioria internacionais.

A diversificação de fontes e a entrada de novos atores (pessoas físicas) no cenário da doação filantrópica pode alterar este cenário. Muitos indivíduos interessados em contribuir para transformações positivas na nossa sociedade, no entanto, não sabem como fazê-lo ou têm dificuldades para identificar iniciativas eficazes e idôneas onde investir seus recursos. E aí que entra o Confluentes.

Como funciona

Todas as organizações têm comprovada capacidade de gestão.

O Confluentes foi fundado por um grupo de instituições com longa experiência no financiamento de iniciativas da sociedade civil e que hoje integram seu Conselho Curador. A cada ano, este grupo escolhe um conjunto de organizações com comprovada capacidade de atuação e alto potencial de promover mudanças em suas áreas de atividade para receber recursos de pessoas físicas interessadas em fortalecer a capacidade da sociedade civil para realizar transformações positivas no Brasil.

Todas as organizações escolhidas recebem ou já receberam recursos dos financiadores que formam o Conselho Curador. A recomendação, portanto, é fruto de uma experiência positiva no financiamento dessas ONGs e da confiança na sua capacidade de gestão honesta e de seu potencial de alavancar mudanças positivas frente aos desafios sociais do país.

Apoiadores do Confluentes têm ainda a oportunidade de ganhar maior familiaridade com a causa que decidiram apoiar e suas lideranças, podendo conhecer a organização financiada, interagir com sua direção e participar de clubes de leitura, conversas e outros eventos com outras personalidades engajadas no tema escolhido.

Os confluentes também têm diversas oportunidades de interagir entre si e participar de eventos artísticos e sociais.

Doações acima de R$ 15 mil anuais dão também o direito de participar da escolha das organizações que receberão recursos no ano seguinte.

Quem faz o Confluentes

Realização

Instituto Betty e Jacob Lafer

Instituto Betty e Jacob Lafer

O IBJL apoia iniciativas para aperfeiçoar e tornar menos desiguais o setor público e o sistema de justiça.

Saiba mais

Equipe

Inês Mindlin Lafer

Inês Mindlin Lafer

Idealizadora e Diretora do Confluentes

Saber mais
Carolina de Arruda Botelho

Carolina de Arruda Botelho

Gestora do Confluentes

Saber mais
Lucas Lourenço Peres

Lucas Lourenço Peres

Estagiário do Confluentes

Saber mais

Conselho Curador

Financiamento institucional e curadoria de causas e iniciativas

Empresas que apoiam

Conheça as organizações que apoiamos

Quero conhecer

Conheça as nossas causas

Quero conhecer

Torne-se um confluente

Fazer parte